Páginas

MENU

Menu Deslizante

PAI NOSSO

PAI NOSSO QUE ESTAIS NO CÉU, SANTIFICADO SEJA O VOSSO NOME, VEM A NÓS O VOSSO REINO, SEJA FEITA A VOSSA VONTADE ASSIM NA TERRA COMO NO CÉU. O PÃO NOSSO DE CADA DIA NOS DAÍ HOJE, PERDOAI-NOS AS NOSSAS OFENSAS, ASSIM COMO NÓS PERDOAMOS A QUEM NOS TEM OFENDIDO, NÃO NOS DEIXEI CAIR EM TENTAÇÃO MAS LIVRAI-NOS DO MAL. AMÉM.

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

ABERTURA DO CONSELHO PERMANENTE DA CNBB RECORDA MÊS MISSIONÁRIO

Brasília (Quarta-feira, 26-10-2016, Gaudium Press) A 91ª reunião ordinária do Conselho Permanente da CNBB teve início na manhã desta terça-feira, 25 de outubro. Na abertura da cerimônia, realizada na sede da entidade, em Brasília, esteve presente o Arcebispo de Brasília e presidente da Conferência, Dom Sergio da Rocha, que recordou as motivações do Mês Missionário e destacou o chamado à Igreja para que seja "discípula, missionária e profética".

Abertura do Conselho Permanente da CNBB recorda Mês Missionário.jpg

"Não é possível ser Igreja missionária sem atitude de discipulado", disse Dom Sergio, comentando a missão eclesial de anunciar a palavra, observado os sinais dos tempos durante reflexão sobre a leitura do Evangelho.

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

SÃO JOÃO PAULO II E SANTA FAUSTINA SÃO TESTEMUNHO DA DIVINA MISERICÓRDIA, DIZ O PAPA

São João Paulo II e Santa Faustina KowalskaSegundo o site ACI Digital, na sexta-feira, véspera da festa de São João Paulo II, celebrada pela Igreja no dia 22 de outubro, o Papa Francisco exortou a seguir o exemplo do Pontífice polonês e de Santa Faustina Kowalska, os quais mencionou como “luminosas testemunhas” da Divina Misericórdia.

Assim o indicou o Santo Padre em seu discurso aos membros da Fundação João Paulo II, durante uma audiência na manhã de sexta-feira na Sala do Consistório do Palácio Apostólico do Vaticano.

PAPA FRANCISCO: É TEMPO DE CORAGEM D DE PROCLAMAR O AMOR DE DEUS!

Papa-Francisco_-Angelus-2014O Site ACI Digital informou ontem (23/10/2016) que o Papa Francisco presidiu a Oração do Ângelus neste domingo diante de 50.000 pessoas e falou a respeito da segunda leitura de São Paulo a Timóteo e sobre a necessidade de ser missionários da evangelização hoje, no Dia Mundial das Missões.

“Nesta narração autobiográfica de São Paulo se espelha a Igreja, especialmente hoje, Dia em que se celebra o Dia Mundial das Missões, cujo tema este ano é ‘Igreja missionária, testemunha de misericórdia’” explicou o Papa.

PAPA FRANCISCO: NÓS CRISTÃOS SOMOS CHAMADOS A COLHER QUEM NECESSITA

 

Segundo o site ACI Digital (26/10/2016), no ciclo de catequeses sobre as obras de misericórdia, o Papa Francisco falou nesta quarta-feira sobre: “era estrangeiro e me hospedastes; estava nu e me vestistes”. O Pontífice comentou que os cristãos devem estar atentos a esta realidade e ajudar quem necessita.

“Essas obras de misericórdia deixam evidente que os cristãos não estão cansados nem têm preguiça na espera do encontro final com o Senhor, mas a cada dia ali o encontram, reconhecendo seu rosto no de tantas pessoas que pedem ajuda”.

CENTRO EM HOMENAGEM À IRMÃ DULCE É INAUGURADO NO BAIRRO DOS ALAGADOS, NA BAHIA

Salvador - Bahia (Segunda-feira, 24-10-2016, Gaudium Press) Na capital soteropolitana, os fiéis católicos celebraram no último sábado, 22 de outubro, a inauguração do Centro Irmã Dulce, da Paróquia Nossa Senhora dos Alagados e São João Paulo II.

Centro em homenagem à Irmã Dulce é inaugurado em paróquia de Salvador.jpg

Na ocasião, a cerimônia solene de inauguração teve início às 17h, quando o bispo auxiliar da Arquidiocese de Salvador, Dom Gilson Andrade da Silva, concedeu a bênção ao espaço.

Logo em seguida, os fiéis participaram de uma procissão com destino à Matriz, onde Dom Gilson presidiu uma Santa Missa, às 19h, em ação de graças pela festa do co-padroeiro, São João Paulo II.

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

A CONSAGRAÇÃO E OS TRÊS INIMIGOS DA ALMA

A consagração a Jesus por Maria como auxílio extraordinário para vencer os três inimigos da alma: a carne, o mundo e o Demônio.

A consagração a Jesus Cristo e a Virgem Maria é um auxílio muito eficaz para vencer os três inimigos da alma: a carne, o mundo e o Demônio. Todos nós temos que combater esses inimigos, primeiramente porque isto é dever de todos os cristãos. Todavia, lutar contra estes três inimigos da nossa alma torna-se ainda mais importante quando queremos nos santificar, nos aproximar mais de Deus. Nesse caso, a consagração a Jesus por Maria tem se mostrado na história da Igreja um auxílio de extraordinária eficácia para combater a carne, o mundo e o Demônio e elevar as almas ao Senhor. Esta eficácia é comprovada na vida de muitos os santos, que se valeram desta consagração para combater esses três inimigos da alma e alcançar os altos cumes da santidade. Entre os mais conhecidos, podemos citar São João Bosco, Santa Teresinha do Menino Jesus, São Pio de Pietrelcina, Santo Antônio de Sant’anna Galvão.

A consagração a Jesus por Maria como auxílio extraordinário para vencer os três inimigos da alma: a carne, o mundo e o Demônio.Sonho de Dom Bosco com Nossa Senhora aos nove anos de idade

A PASTORAL VOCACIONAL É APRENDER O ESTILO DE JESUS: SAIR, VER E CHAMAR

Cidade do Vaticano (Segunda-feira, 24-10-2016, Gaudium Press) Por volta de 250 participantes do Encontro Internacional de Pastoral Vocacional, promovido pela Congregação para o Clero, foram recebidos pelo Papa Francisco na Sala Clementina, na sexta-feira, 21, quando do encerramento do evento.

A Pastoral Vocacional é aprender o estilo de Jesus sair, ver e chamar.jpg

Dirigindo-se aos participantes, Francisco disse que Pastoral Vocacional poderia dar a impressão de ser um dos tantos setores da ação eclesial, um departamento curial ou a elaboração de um projeto. Isto é muito importante, mas a Pastoral Vocacional é bem mais do que isto "é um encontro com o Senhor".

PAPA NA CASA SANTA MARTA: A LEI DO SENHORA NÃO ESCRAVIZA, LIBERTA

Resultado de imagem para papa casa santa marta

Cidade do Vaticano (Segunda-feira, 24-10-2016, Gaudium Press) Na homilia feita na Casa Santa Marta, nesta segunda-feira, 24 de outubro, o Santo Padre fez comentários ao Evangelho do dia, quando Jesus cura uma mulher no sábado, provocando a indignação do chefe da Sinagoga porque, segundo ele, a Lei do Senhor foi violada.

Caminhar na Lei do Senhor

Francisco afirmou que "Não é fácil caminhar na Lei do Senhor", e que esse caminhar na Lei é "uma graça que devemos pedir".

PAPA VISITA CONGREGAÇÃO GERAL DOS JESUITAS E FAZ DESAFIO: CHEGAR ÀS PERIFERIAS

Roma (Segunda-feira, 24-10-2016, Gaudium Press) Os delegados da 36ª Congregação Geral dos Jesuítas, que acontece em Roma receberam a visita do Papa Francisco que foi cumprimentar o novo responsável mundial da Companhia de Jesus.

Papa visita Congregação Geral dos Jesuítas e faz desafio chegar às periferias.jpg

Este foi o segundo encontro entre Francisco, que também é jesuíta, e o prepósito-geral dos Jesuítas, padre Arturo Sosa, SJ, natural da Venezuela, eleito no último dia 14.

Convite

Francisco convidou os responsáveis da ordem na qual se formou como religioso e sacerdote a "caminhar juntos, livres e obedientes, caminhar ao encontro das periferias onde outros não chegam".

O Papa expressou seu desejo de que a Companhia de Jesus "possa ter cada vez mais o rosto, o sotaque e o modo de viver de todos os povos, de cada cultura": é possível "fazer Igreja com cada um, inculturando o Evangelho e evangelizando cada cultura", disse o Papa Jesuíta.

terça-feira, 25 de outubro de 2016

5 MANEIRAS DE REATIVAR SUA VIDA DE ORAÇÃO

Se você já se sentiu frustrado na oração, não se preocupe: é muito simples

Você conhece a importância da oração, mas talvez ache que Deus não quer ouvi-lo porque você se afastou durante algum tempo. Você provavelmente sabia que a oração madura é algo além de simples petições a Deus, mas talvez não esteja seguro de como proceder.

Talvez você esteja realmente ocupado, e tema que buscar a “prática da oração” exija um compromisso que você não pode assumir. Ou pode ser que você tenha medo de “fracassar” em sua tentativa de orar em profundidade.

DEFEITOS A SE EVITAR NA ORAÇÃO

Resultado de imagem para maos orando desenho

 

Não desconfie do poder de Deus. Não reclame se ainda não alcançou uma graça. Acredite, Deus sabe o que é melhor para nós!

É a oração que nos deve santificar e não o contrário. Assim, não sabemos muito bem como afastar as imperfeições na oração.

Muitas almas oram e queixam-se de não obter as graças pedidas na oração. É sinal de que a sua oração não preenche as condições prescritas por nosso Senhor. A palavra de Deus, com efeito, não pode falhar: “Pedi e recebereis” (Jo 16, 24).

Algumas se iludem primeiro quanto ao que pedem. Deus não quer e não pode conceder senão as coisas que se relacionam com o nosso ultimo fim. Tudo o que está fora disto está fora de Deus e é, pois, nada ou pecado.

O fim da criação é a santificação das almas: Santifico-me por eles para que também eles sejam santificados pela verdade (Jo 17, 19).

O QUE É “ORAR SEMPRE?”

Quando Nosso Senhor nos fez a recomendação de “orar sempre”, não quis pedir-nos que estivéssemos constantemente “em ato de oração”, mas simplesmente que vivêssemos “em estado de oração”. É diferente.

Estar permanentemente em ato de oração, seria passar a vida em exercícios religiosos: depois da oração, a missa; depois da missa, o terço, depois do terço, a leitura espiritual, e assim por diante, o que é impossível, mesmo às pessoas mais “contemplativas”, nem deixaria tempo para as ocupações profanas – refeições, recreio, sono, etc.

Viver em estado de oração não significa satisfazer a essa vida impossível, mas sim que, mesmo nas ações profanas, tudo se deve fazer com o fim de glorificar a Deus. O que se deve procurar, durante as atividade profanas, impostas pelos deveres de estado, não é ter atenção sempre fixa em Deus, mas intenção de tender o mais diretamente possível para Ele. A atenção é condição necessária para orar bem; a intenção é o melhor meio de fazer de tudo oração.

ISAÍAS 55, 10-11

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

O PODER DA ORAÇÃO

992379_14208308A oração opera maravilhas!

1.Como todas as obras sobrenaturais, é ela meritória e satisfatória. O que propriamente lhe pertence é a impetração. O homem ora e pede: Deus o ouve e atende a prece, não tanto em vista dos merecimentos que a criatura possa ter, porém, principalmente em virtude da Sua misericórdia e da mesma prece. A impetração corresponde à força da oração como tal e não ao mérito daquele que ora. E esse caráter particular, é o que mais cabalmente demonstra a excelência da oração e sua valia aos olhos de Deus.

2.E até onde vai o poder da impetração? Entende-se a todas as necessidades do homem sem excetuar nenhuma, não tendo outros limites que não os da onipotência e misericórdia divina. Assim no-lo afirma o Salvador: “Crede que obtereis tudo o que pedirdes” (Mt 21, 22; 7,7). “Pedi e recebereis” (Jo 14,13.)

Se, pois, Deus nada excetua, não nos cabe a nós fazer restrições. Por conseguinte, devemos pedir tudo o que razoavelmente desejarmos e que seja conforme a vontade divina, mormente os bens espirituais. A nossa confiança de obtê-los deve estar na razão da excelência e necessidades desses dons. Relativamente às vantagens temporais, importa proceder com alguma reserve. Talvez algumas delas não nos poderiam ser concedidas, senão por punição divina. A Sagrada Escritura prova magnificamente a eficácia da oração. Israel no deserto, Moisés, Josué, os grandes feitos dos juízes e dos Macabeus, os milagres de Jesus e os dos Apóstolos, em suma, toda a história da oração e de seus efeitos. É uma contínua e maravilhosa cadeia em que a prece humana e a humana miséria se entrelaçam com a misericórdia divina, o socorro de Deus.

As leis naturais derrogam ante o poder da oração, porquanto momentaneamente podem permanecer suspensa: foi a oração que fez parar e retroceder o sol (cf. Jos 10,13).

O INIMIGO DA VIDA DE ORAÇÃO

orandomaõsHá uma grande escolha na vida cotidiana de oração: é a leviandade, a inconstância natural do homem.

Essa inconstância tem a sua origem na inteligência e engendra, quando não combatida, a apatia da vontade e termina infalivelmente na tibieza.

O espírito leviano é oposto ao espírito refletido. A inteligência superficial não permite à ideia penetrar em si e aí deitar raízes. Além disso, como está completamente coberta pelos matos dos pensamentos vãos, das preocupações fúteis e dos apegos às coisas criadas, a semente da graça, apenas recebida, é logo sufocada.

Uma alma leviana vive na superfície das coisas. Mesmo durante a oração, não reflete, não penetra a verdade proposta, não se prende à consideração das coisas do além.

Nunca foi tocada pelas máximas do Evangelho, pelas perfeições de Deus, pelos direitos imprescritíveis de seu soberano domínio, pelos pensamentos salutares dos santos.

24 de Outubro- DIA DO ARCANJO RAFEL

Novena iniciar em 15 de outubro

São Rafael Arcanjo

O nome deste arcanjo vem do hebraico Rafa, sinônimo de cura, e El, que significa Deus. "Cura de Deus" ou "Curador divino", este é o arcanjo Rafael, que é o chefe dos anjos da guarda, considerado o anjo da Providência, que vela por toda a humanidade. Este arcanjo cura todos os ferimentos da alma e do corpo e defende igualmente as criaturas, de qualquer raça ou classe social, perante Deus.
Rafael é um dos sete arcanjos que fazem parte do círculo mais próximo do Senhor, um de seus mensageiros. Foi o único, segundo as Escrituras, que assumiu a forma humana e viveu entre os seres humanos durante alguns meses.

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

É POSSÍVEL VIVER A CASTIDADE E A SEXUALIDADE COMO DEUS MANDA, AFIRMA CARDEAL

casalcastidade

O site ACI Digital informou no sábado, 21 de maio, que o erro de considerar as relações sexuais fora do casamento como legítimas expressões de amor é “acreditar que pode ser chamado amor verdadeiro aquele que ainda não assumiu as responsabilidades e sacrifícios essencialmente inerentes ao estado matrimonial”, disse o Cardeal Jorge Medina Estevez em seu novo livro “Castidade e sexualidade como Deus manda”.

O novo trabalho do Cardeal Medina, Prefeito Emérito da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, propõe a castidade cristã à luz das sagradas Escrituras, a importância da autêntica educação sexual e o papel da família como uma garantia da perpetuação e inviolabilidade da vida.

OS CUIDADOS PARA VIVER A CASTIDADE NO NAMORO

tumblr_ln537vFxyf1qb7o6so1_500_large

O jovem e a jovem cristãos terão que lutar muito para não permitir que o relacionamento sexual os envolva e abafe o namoro. Jesus deixou-nos a receita da castidade: “vigiai e orai” porque “a carne é fraca” (Mt 26,41). O namoro não existe para que vocês conheçam os seus corpos… mas as suas almas.

Alguns querem se permitir um grau de intimidade “seguro”, isto é, até que o “sinal vermelho seja aceso”; aí está um grave engano. Quase sempre o sinal vermelho é ultrapassado, e muitas vezes acontece o que não deve. Quantas namoradas grávidas… ou marcadas!

COMO FALAR SOBRE CASTIDADE COM MEU NAMORADO SEM CONSTRANGIMENTO?

Os jovens cristãos terão que lutar muito para não permitir que o relacionamento sexual os envolva e abafe o namoro. Jesus deu a receita da castidade: “vigiai e orai” porque “a carne é fraca” (Mt 26,41). O namoro não existe para que vocês conheçam os seus corpos… mas as suas almas.

10 RAZÕES PARA VIVER A CASTIDADE NO NAMORO

casalmaosolA mexicana Marta Morales (www.almas.com.mx) escreveu um artigo, no qual mostra dez vantagens em se viver castidade no namoro. Vamos resumir aqui o que ela disse:

1. A castidade no namoro favorece o crescimento amistoso entre o casal

A pureza ajuda a ter uma boa comunicação com seu(sua) namorado(a). Não se concentram só no prazer, mas na alegria de compartilhar a vida, as conversas são mais profundas, a comunicação não é ofuscada e o casal pode se conhecer melhor.

2. Cresce o lado amistoso do relacionamento

A vida sexual no namoro pode dar a falsa impressão de que os jovens estão de fato próximos, quando, na verdade, não estão. Alguns jovens se deixam levar por paixões e, depois, quando se conhecem em profundidade, se desencantam. Muitas vezes, nem sequer chegam a se conhecer.

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

RETORNANDO…

Olá amigos (as) seguidores de menina Maria de Nazareth, peço desculpas por falta de matérias. Mas agora com a graça de Deus volto as postagens.

 

Novidades nos próximos dias

Que a paz de Jesus e o amor de Maria estejam com você e sua casa.

Deus abençoe!!! Red heart

Abraço fraterno.

Resultado de imagem para pergaminho e caneta

Márcia LucianaRed rose

sábado, 1 de outubro de 2016

CATÓLICOS SÃO IDÓLATRAS? ADORAM IMAGENS?

A verdade a respeito da controvérsia de que católicos somos idólatras, adoradores de imagens, e o seu fruto espiritual para nossas vidas.

A acusação de que nós católicos somos idólatras, porque adoramos imagens, não tem sua origem com os protestantes. Desde tempos remotos, católicos foram acusados de idolatria, de adoradores de imagens, primeiramente por membros da própria Igreja. Mas, será isso verdade? Nós adoramos as imagens sagradas de Jesus Cristo, da Virgem Maria, dos anjos e dos santos? Responder estas perguntas, é fundamental para que nossa fé e o nosso culto espiritual sejam verdadeiros e saibamos dar as razões da nossa esperança (1 Pd 3, 15).

A verdade a respeito da controvérsia de que católicos somos idólatras, adoradores de imagens, e o seu fruto espiritual para nossas vidas.Theotokos de Vladimir – um dos ícones mais antigos da Igreja Católica

O primeiro mandamento da Lei de Deus, revelado a nós no Antigo Testamento é este: “Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todas as tuas forças” (Dt 6, 5). Este, bem como os outros mandamentos nos foram dados para que sejamos felizes e conservemos as nossas vidas (cf. Dt 6, 3.24). Por isso, quando o Senhor proíbe que tenhamos outros deuses e que façamos imagens (cf. Ex 20, 3-5), é porque Ele quer o nosso bem. Sendo assim, estaríamos nós sendo desobedientes a Deus ao ter imagens em nossas igrejas, em nossas casas, e ao prestar culto a elas? Não podemos ajoelhar diante das imagens sagradas de Cristo, de Nossa Senhora, dos anjos e dos santos?

CONHEÇA A IRMÃ “DIFÍCIL” DE SANTA TERESINHA DE LISIEX QUE INICIA O CAMINHO AOS ALTARES

Santa Teresa de Lisieux e sua irmã Leonia Guerin. Fotos domínio público

ROMA, 06 Fev. 15 / 02:48 pm (ACI).- Deus escreve reto em linhas tortas. Este ditado popular é confirmado pela história de Leonia Martin, a irmã “difícil” de Santa Teresa de Lisieux, que inicia o caminho aos altares.
O Bispo de Bayeux-Lisieux (França), Dom Jean-Claude Boulanger, anunciou faz uns dias a sua intenção de iniciar a causa de beatificação e canonização de Leonia.
Leonia era a terceira filha dos beatos Louis e Zelia Martin, o casal beatificado em 19 de outubro de 2008 por
Bento XVI. Além disso, era irmã de Santa Teresinha do Menino Jesus, uma das santas mais queridas pelo Papa Francisco, Doutora da Igreja Universal, e padroeira das missões.

AS 4 GRANDES LIÇÕES DE SANTA TERESINHA DO MENINO JESUS

Qual delas você vai pedir a Deus por intercessão de Santa Teresinha?

Dentre outras tantas lições que Santa Teresinha nos deixou em sua vida, hoje iremos refletir sobre quatro delas:

A HUMILDADE

Ficar pequeno é reconhecer o próprio nada, tudo esperar de Deus, não se afligir com as faltas, porque as criancinhas, se caem muitas vezes, por serem pequeninas, pouco se machucam.

Faço como as crianças que não sabem ler: digo a Deus simplesmente o que desejo dizer-lhe, sem palavras bonitas, e ele me compreende.

DESEJO À VOCÊ


Que… “Chuvas de Bênçãos sejam derramadas abundantemente sobre ti e tua Casa“… Que… a Unção de DEUS seja como um bálsamo a envolver tua vida e te Ungir Completamente pela Glória de DEUS“… Que… “DEUS faça prosperar tudo aquilo que vier até tuas mãos, e que de uma semente cresçam milhares de árvores Frutíferas“… Que… “Todas as Promessas de DEUS sejam uma Coroa de Vitória e Vida para você como Prova da Fidelidade do teu DEUS, acerca de tudo o que Ele Fala e Cumpre“… Que… “Rios de águas Vivas corram dentro de tí, purificando, e levando tudo aquilo o que não é de DEUS“. Que…“A Glória de DEUS repouse sobre sua vida…Amém